ONU ressalta papel dos funcionários públicos na resposta à pandemia


Enquanto o mundo continua a enfrentar a pandemia de COVID-19, os funcionários públicos estão na linha de frente da resposta à crise. Marcando o Dia Mundial do Serviço Público (23), o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, destacou a importância destes servidores no sucesso da resposta humanitária.

“São enfermeiros, médicos e paramédicos que prestam cuidados que salvam vidas. Trabalhadores do saneamento que desinfetam e limpam os espaços públicos. Trabalhadores dos transportes que mantêm ônibus e trens funcionando. Professores que educam os nossos filhos online e offline. E as autoridades de saúde pública, gestores de dados e profissionais de estatística que fornecem informações vitais e confiáveis sobre a transmissão e prevenção da doença”, disse na mensagem em vídeo.

Muitos desses indivíduos dedicados realizaram o seu trabalho em condições perigosas, ressaltou Guterres, com uma elevada interação humana e sem acesso a equipamentos de proteção individual.
E alguns, lembra, perderam a vida para a COVID-19 durante esse processo.

“Hoje, ao honrarmos estes trabalhadores essenciais e muito outros, também devemos refletir sobre como proteger, reconhecer e investir melhor no seu bem-estar à medida que, juntos, reconstruímos melhor. E digo, diretamente, a estes funcionários públicos inspiradores: todos nós estamos profundamente agradecidos pelos seus notáveis atos de serviço à humanidade.”


Prêmios de Serviço Público das Nações Unidas saem para Brasil e Portugal


Iniciativas do serviço público do Brasil e de Portugal estão entre os vencedores da edição de 2020 dos Prêmios de Serviço Público das Nações Unidas. Outros cinco contemplados são Bangladesh, Botsuana, México,  Coreia do Sul e Espanha.

Portugal foi homenageado pela Tarifa Social Automática de Energia. O programa fornece energia elétrica e  gás natural com taxas reduzidas às famílias com baixos rendimentos.

Já para o Brasil, 2020 marca a segunda distinção do município de Jaboatão dos Guararapes (PE) pelas Nações Unidas. No ano seguinte à primeira distinção, o Programa Jaboatão Prepara ajudou 2 mil alunos do 9º ano.

Os estudantes são preparados para as provas de escolas técnicas do estado, onde mais de 80% são aprovados nas avaliações.

No ano passado, o município brasileiro foi distinguido pelo Programa de Coleta de Lixo que oferece treinamento e suporte técnico e de infraestrutura para permitir que a atividade traga benefícios ambientais.

Com a iniciativa, houve um aumento de 90% na renda média dos membros da cooperativa em um ano. Em 2012, Pernambuco também foi agraciado por duas iniciativas do então governador Eduardo Campos sobre igualdade de gênero e participação política.


Covid-19


A distinção atribuída pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU é a mais prestigiada para projetos “mais inovadores e eficazes da administração pública”.
Em tempo de COVID-19, a ONU destaca que o prêmio enfatiza a importância e a adaptabilidade do setor público.

A ideia é enaltecer o valor, a virtude e a visibilidade do serviço público para com as comunidades e para o progresso dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.




Fonte: Nações Unidas Brasil 

News Reporter