1º DE MAIO É DIA DE FORTALECER A LUTA

Neste 1° de maio dedico esta mensagem para todos aqueles que lutam dia após dia com dignidade e honra, mostrado a força do povo brasileiro!

O dia do trabalhador é um bom o momento para refletirmos sobre o papel do sindicalismo brasileiro, frente às adversidades enfrentadas pelos trabalhadores no cenário político e econômico atual.

Ao longo dos anos, muitas foram às lutas e a busca por condições de trabalho mais justa e digna. Muitas foram as nossas conquistas, mas também foram muitos os companheiros que tombaram nessa caminhada, que deram o melhor de si, para que hoje tenhamos reconhecidos os nossos direitos.

O trabalhador brasileiro nunca passou por um momento de tanta dificuldade como este, enfrentando esta nova realidade da saúde e ameaças de corte e congelamento de salários.

A pandemia causada pelo novo Coronavirus – Covid 19 nos trouxe uma nova realidade e expõe a precariedade de alguns importantes setores do nosso país, como a saúde pública. Exaltamos e parabenizamos o trabalho de todos aqueles profissionais que estão se dedicando, arriscando suas vidas para o bem comum. A preservação da vida deve ser o primeiro ato de todo e qualquer cidadão, e não esperamos menos que isso dos nossos governantes, que são os responsáveis pela qualidade da saúde e preservação da vida humana.

Ressaltamos também que no último dia 29 de abril, completou-se cinco anos do massacre sofrido pelos professores estaduais e municipais do Paraná, que lutavam pela manutenção dos seus direitos. O Centro Cívico da Capital Paranaense  se transformou em uma praça de guerra, onde a Polícia Militar, a mando do então governador Beto Richa (PSDB), atacou de maneira covarde dezenas de milhares de professores e servidores do Estado. Tudo para garantir a aprovação do confisco da previdência na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Enquanto os servidores eram massacrados, a Assembleia aprovou por 31 votos a 20 confisco da poupança previdenciária dos servidores. Mas o massacre e a vergonha de usar a polícia para bater nos professores não se apagam e não há dinheiro que compense.

E após estes cinco anos o atual governador do Paraná (Ratinho) mandou aprovar nova medida, que extingue cargos e terceiriza trabalhos, precarizando ainda mais os serviços prestados ao povo paranaense. A medida já foi aprovada pelos Deputados Estaduais.

Hoje é um dia de reavaliarmos a luta, repensarmos sobre o nosso verdadeiro papel na sociedade, pois temos sim motivos para comemorar, mas temos ainda muito a conquistar, e essas conquistas virão somente com a união do povo e trabalho firme, com dedicação e ética.

É também o momento de união da classe trabalhadora, Sindicatos, Federações, Confederações e Centrais Sindicais, servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada, pois a luta é árdua, mas é justa e digna, somente assim mostraremos a sociedade brasileira o que realmente se passa no nosso país e os danos que a aprovação das reformas trarão ao povo brasileiro.

Que os dias difíceis sejam momentos de aprendizado, para que a vitória tenha o sabor  da conquista.

Com muito orgulho, seguimos firmes, defendendo e lutando pelos servidores públicos municipais e estaduais do Paraná!

Curitiba, 1º de maio de 2020.

Fesmepar

News Reporter